O que diferencia a solidão do isolamento?

Em parceria com The European Commission
O que diferencia a solidão do isolamento?
Direitos de autor euronews
De  Aurora Velez
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O projeto i2i luta contra a solidão e o isolamento, em especial das pessoas idosas, em sete países do norte da Europa. A coordenadora na Noruega explica-nos os conceitos.

Estar isolado, sentir-se sozinho. Qual é a diferença? Quais são as consequências?

Elin Thygesen, coordenadora do projeto i2i na Noruega, fala-nos sobre isto.

"O isolamento social tem a ver com a rede. Há uma falta de rede. Quando falamos de solidão, é mais um sentimento emocional ou subjetivo de se estar sozinho. Portanto, são dois conceitos diferentes. Mas andam juntos", diz. "A solidão é a causa de muitas questões de saúde ou problemas de saúde e também de mortalidade, como a diabetes, a insuficiência cardíaca, a doença pulmonar obstrutiva crónica e outras doenças. Quando se tem uma doença, sentimo-nos sozinhos e isolados. De certa forma, estas doenças agravam-se e colocam-nos em maior risco".

"Estamos a tentar combinar o setor público e o voluntário, ou o setor privado, e também envolvemos diferentes empresas e discutimos soluções com elas. É uma forma muito boa de trabalhar e é muito útil, especialmente porque estamos a trabalhar com problemas complexos. A solidão e o isolamento são um problema muito complexo. Por isso, é necessário haver mais do que um grupo a trabalhar", conclui Elin Thygesen.

Partilhe esta notícia