EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Governo de Sánchez toma posse perante Rei de Espanha

Rei Felipe VI e Primeiro-ministro de Espanha, Pedro Sánchez
Rei Felipe VI e Primeiro-ministro de Espanha, Pedro Sánchez Direitos de autor AP/AP
Direitos de autor AP/AP
De  Jaime VelazquezEuronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os 22 ministros do novo governo de coligação liderado por Pedro Sánchez tomaram posse esta terça-feira. Mulheres estão em maioria. SUMAR fica com cinco ministérios.

PUBLICIDADE

Após quatro meses de impasse político, Espanha tem oficialmente um novo governo. O executivo de coligação liderado pelo solialista Pedro Sánchez tomou posse esta terça-feira. Os 22 ministros - 12 ministras e 10 ministros -foram recebidos pelo rei Felipe VI, para oficializar a entrada em funções.

Entre as quatro vice-presidentes escolhidas por Sánchez estão as ministras da Economia, da Transição Ecológica, do Trabalho e das Finanças.

Além da pasta do Trabalho, a plataforma de esquerda SUMAR, encabeçada por Yolanda Diaz, ganha mais quatro ministérios: Cultura, Saúde, Direitos Sociais e a nova pasta da Juventudee da Infância.

A legislatura vai contar ainda com um novo Ministério da Habitação.

Do governo anterior transitam 13 caras, mantendo-se nas mesmas mãos pastas consideradas de Estado, como a Defesa, os Negócios Estrangeiros, a Administração Interna, a Economia ou as Finanças.

Sem maioria absoluta no parlamento, Sánchez conseguiu viabilizar o novo governo através de acordos com mais seis partidos nacionalistas e independentistas. Formações com as quais terá também de passar negociar para ver leis aprovadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Espanha: Parlamento Europeu debaterá legalidade de acordo de amnistia

Espanha: Sánchez fecha acordo com independentistas catalães para ter governo

Borrell acusa Orbán de deslealdade e associa-se ao boicote contra a presidência húngara da UE