EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

#AskSpace: como se preparam os astronautas para lidarem com a falta de gravidad?

#AskSpace: como se preparam os astronautas para lidarem com a falta de gravidad?
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Colocamos aos especialistas as suas questões sobre o universo, que nos fez chegar através o hashtag "AskSpace".

PUBLICIDADE

E agora, vamos responder a algumas questões sobre o universo, com a ajuda de peritos na matéria, com a hashtag #AskSpace. Vamos falar com Paolo Nespoli, astronauta, que se encontra em Houston.

*Olá Paolo. Recebemos uma questão de Michael Kinser, dos Estados Unidos.Quer saber como se preparam os astronautas para lidarem com a falta de gravidad e com altas radiações, em missões a lugares como Marte. *

Paolo Nespoli:

*É uma boa questão. Todos esses problemas, como a radiação, poderiam ser resolvidos com um escudo, um escudo eletromagnetico ou com água. Há várias ideias, algumas melhores, outras piores. O importante é o isolamento e a proteção. Estava a pensar quando estava na Estação Espacial Internacional e me lembrei, uma vez...: cá estou eu. Se tiver problemas, meto-me na Soyuz e em quatro horas estou no solo. *

*Depois pensei: E a vida em Marte? Como faço? E começo a pensar nestas coisas antes de que haja um problema. Por isso, temos de entender todas as dificuldades e de estar preparados. É isso que fazemos na Estação Espacial Internacional. Tenho a certeza de que, se entendermos bem isto, podemos chegar a Marte. E fiquem com o meu nome. Quero ir. Fiquem com o meu nome. *

Podem enviar-nos as vossas questões sobre o universo com a hashtag #ASKSPACE. Não se esqueçam que podem saber mais sobre o universo em euronews.com.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Thomas Pesquet conta as suas aventuras no espaço

NASA vai anunciar nova tripulação que vai à Lua

Satélites monitorizam alterações climáticas