EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Médicos portugueses querem melhores condições de trabalho

Médicos portugueses querem melhores condições de trabalho
Médicos portugueses querem melhores condições de trabalho Direitos de autor Euronews/Lauren Chadwick
Direitos de autor Euronews/Lauren Chadwick
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Falta de investimento no Serviço Nacional de Saúde na origem da falta de pessoal

PUBLICIDADE

Cerca de duas dezenas de médicos protestaram esta terça-feira junto ao simpósio da Organização Mundial da Saúde, no Porto, para exigir melhores salários e melhores condições de trabalho.

Joana Bordalo e Sá, Presidente da Federação Nacional de Médicos, lembrou que os médicos portugueses são dos mais mal pagos a nível europeu e que há mais de dez anos que não são aumentados, culpando o governo pela fuga de profissionais do Serviço Nacional de Saúde.

Estima-se que haja mais de um milhão e meio de portugueses sem médico de família, mais de 15% da população, e o problema vai agravar-se com a reforma iminente de quatro centenas de profissionais.

Manuel Pizarro, ministro da Saúde, admite que o setor viverá muitas dificuldades até final de 2024 mas lembra que o governo está a trabalhar para resolver o problema.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como evitar os PFAS: cinco objetos a evitar para minimizar a exposição aos "químicos eternos"

Agências da UE sugerem maior vigilância da gripe das aves

OMS classifica talco como "provavelmente cancerígeno" para os seres humanos