EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

TT no Cazaquistão: Do Mar Cáspio à Rota da Seda

TT no Cazaquistão: Do Mar Cáspio à Rota da Seda
Direitos de autor 
De  Marta Brambilla
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

150 quilómetros de pura adrenalina numa estrada que acumula as marcas do tempo

PUBLICIDADE

Apenas 150 quilómetros separam Aktau, a maior cidade do Mar Cáspio, de Shepte, a localidade mais próxima do vale de Torysh.

A estrada que as liga é ainda uma herança soviética. Na verdade, é mais um caminho e os buracos fazem-se sentir especialmente nos primeiros 100 quilómetros.

Poucos carros por lá passam e é frequente encontrarem-se cavalos e camelos a pastar. Com sorte, ainda se pode cruzar com vendedores de leite de camelo, considerado uma especialidade no Cazaquistão.

Pelo vale de Torysh espalham-se milhares de rochas de várias dimensões e forma arredondada. Desde esferas que cabem na palma da mão, até rochedos com 3 metros de diâmetro.

Cientificamente, não está provada a origem destas formações. O quando e o como estão por responder, dando origem a alguns mitos na cultura popular. Percebe-se no entanto que têm uma natureza frágil. Partem-se com facilidade e, lá dentro, escondem alguns fósseis.

Partilhe esta notícia