This content is not available in your region

São Petersburgo, onde a história e o século XXI se encontram

euronews_icons_loading
São Petersburgo, onde a história e o século XXI se encontram
Direitos de autor  euronews
De  Galina Polonskaya

São Petersburgo é uma cidade onde a história e o século XXI se combinam de forma brilhante. Além de ser um importante “hub”, em breve será também um destino "a um clique de distância", graças aos vistos eletrónicos que serão introduzidos na Rússia no próximo ano.

Hermitage

O melhor lugar para mergulhar na história da cidade é no Hermitage. No Palácio de Inverno, que em tempos foi a Residência da Família Imperial Russa, pode ver como era a vida esplendorosa dos imperadores e ainda ver as famosas coleções de arte.

Explica o diretor do Museu Estadual Hermitage, Mikhail Piotrovsky: "É um excelente museu de cultura mundial, um museu enciclopédico. É uma enciclopédia escrita em russo, mas não apenas isso: Está escrita como a história da casa imperial russa. Quando essas coisas e grandes obras de arte são colocadas nestes palácios, estas obras-primas da arquitetura, e cada uma delas conta páginas da história da Rússia, todo esse conjunto cria a atmosfera única do Hermitage e é por isso que atrai as pessoas".

O Hermitage começou como uma pequena extensão do palácio de Inverno onde a Imperatriz Catarina, a Grande, manteve a sua coleção privada. Agora é um dos maiores museus do mundo, com cerca de 3 milhões de obras de arte. As obras-primas de Rembrandt estão entre as jóias da exposição permanente.

Exploramos São Petersburgo juntamente com Fabio Mastrangello, diretor artístico do teatro "Music Hall" da cidade. Apaixonou-se por São Petersburgo à primeira vista e mudou-se para aqui há 18 anos. Fala-nos dos locais na cidade que o inspiram. A Catedral de Kazan é um dos sítios favoritos.

A fortaleza de Pedro e Paulo é também uma das fontes de inspiração de Fábio Mastrangelo, que é também diretor artístico do festival "All Together Opera", que se realiza aqui todos os verões e atrai, todos os anos, milhares de espetadores.

Restaurantes e "movida"

Visitamos o restaurante "Stackenschneider", onde os pratos têm o sabor da história, já que é um lugar com muito para contar. Fyodor Dostoevsky, o autor de "Crime e Castigo", costumava vir aqui para participar em salões literários. Aqui podemos saborear a famosa cozinha histórica de São Petersburgo.

Há também muitos lugares novos e vibrantes na cidade. Um deles é Sevkabel - uma fábrica histórica que se transformou num espaço criativo.

Diz Sergey Korneev, diretor do espaço: "O principal produto turístico da cidade é a atmosfera especial, uma combinação de tudo, a história da cidade, a vida moderna, a arte contemporânea, o que acontece nos espaços criativos, as quatro estações da cidade, durante as quais há sempre algo de novo e inesperado a acontecer".

A Ilha Nova Holanda é um dos mais recentes destinos turísticos de São Petersburgo. Durante séculos, pertenceu à marinha e esteve fechada ao público. Agora, esta área histórica foi transformada num espaço público vibrante.

Nome do jornalista • Ricardo Figueira