This content is not available in your region

São Petersburgo: um ponto de partida para visitar a Rússia

Saint Petersburg
Saint Petersburg   -   Direitos de autor  Committee for Tourism Development of Saint Petersburg
De  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

É frequente falar-se de São Petersburgo como a capital cultural da Rússia pela quantidade de palácios e museus, pela beleza dos canais e devido à movimentada cena artística da cidade.

Para muitos viajantes a cidade russa, conhecida como a capital do norte e "Piter" para os habitantes, tornou-se num ponto de partida para visitar o resto do país.

São Petersburgo é uma das principais cidades da rota do Colar de Prata, no noroeste do país, e é frequentemente integrada na rota do Anel de Ouro. Os dois itinerários oferecem paisagens variadas, urbanas e rurais, invernais ou estivais.

Palácios e festas em São Petersburgo

Para sentir a essência de São Petersburgo, vale a pena começar com uma visita à Praça do Palácio, para contemplar o histórico Palácio de Inverno com a sua típica fachada verde, branca e dourado e salões ornamentados.

O museu Hermitage é outra das atracões incontornáveis da cidade. A instituição reúne uma das maiores coleções de arte do mundo e é preciso prever algum tempo para poder admirar toda uma série de obras-primas, das pinturas de Picasso e Rembrandt, às esculturas de Michelangelo, aos ovos Fabergé, obras-primas da joalharia criadas por Peter Carl Fabergé.

A catedral do sangue derramado é outra das visitas a não perder em São Petersburgo. O nome do monumento, que integra cinco cúpulas concebidas segundo o estilo ortodoxo russo, faz referência ao assassinato do czar Alexandre II em 1881.

No capítulo das artes do espetáculo, é possível ver ópera ou dança no célebre Teatro Mariinsky, por onde passaram quase todos os maiores bailarinos e músicos da Rússia.

A vida noturna de São Petersburgo está associada às "Noites Brancas", no verão, quando a cidade tem luz 24 horas por dia e há festivais, concertos e festas ao ar livre até às primeiras horas do dia seguinte.

Image by opsa from Pixabay
Catedral de São Basílio em MoscovoImage by opsa from Pixabay

Um passeio até Moscovo

É muito fácil combinar uma visita a São Petersburgo com uma viagem a Moscovo graças ao comboio de alta velocidade Sapsan. A viagem demora menos de quatro horas, do centro de São Petersburgo ao centro da capital.

Em Moscovo, há muito para ver, a começar pelo Kremlin, pela Praça Vermelha e pela Catedral de São Basílio. Se visitar a capital russa entre abril e outubro, tem a possibilidade de assistir à cerimónia da troca da guarda, ao meio-dia, no Kremlin.

Depois de vários passeios turísticos, uma visita ao famoso Sanduny banya permite relaxar e aquecer-se, especialmente durante os meses mais frios. O histórico balneário público, que data de 1808, é o local ideal para fazer uma sessão de sauna seguida por uma massagem venik tradicional, onde se usa um ramo de folhas de carvalho para estimular a circulação.

A rota do Anel de Ouro

A rota do Anel Dourado permite conhecer um lado completamente diferente da Rússia, passando pelas belas cidades medievais situadas a nordeste de Moscovo. Embora a rota do Anel de Ouro não seja imutável, inclui tradicionalmente os seguintes locais: Sergiyev Posad, Pereslavl-Zalessky, Rostov Veliky, Yaroslavl, Kostroma, Ivanovo, Suzdal e Vladimir.

É possível fazer o circuito completo, ou escolher apenas alguns paragens. É uma oportunidade para ver de perto a vida rural russa e uma paisagem marcada por rios sinuosos, campos repletos de flores, igrejas bem conservadas e numerosos ícones de arte popular. Os meses de junho a agosto são os melhores devido às temperaturas amenas, ideais para passear ao ar livre.

Suzdal é uma das etapas favoritas da rota do Anel de Ouro. Uma cidade pitoresca repleta de belas igrejas e mosteiros, onde se ouve frequentemente o toque dos sinos das igrejas.

O Kremlin de Suzdal, que integra a lista de património da UNESCO, a Catedral da Natividade da Virgem e o Mosteiro de Santo Eutímio são os principais pontos turísticos da região.

A cidade de Yaroslavl fundada em 1010 é outra visita interessante. Na localidade mais antiga da rota do Anel de Ouro é possível contemplar antigas casas de mercadores e igrejas ortodoxas russas. Os rios Volga e Kotorosol que atravessam a cidade completam o belo cenário. Não perca o Museu de Arte, que exibe arte russa do século XVIII ao século XX.

Committee for Tourism Development of Saint Petersburg
St PetersburgCommittee for Tourism Development of Saint Petersburg

Cultura e artesanato na rota do Colar de Prata

A Rota do Colar de Prata permite conhecer o noroeste Da Rússia e abrange 11 regiões diferentes e algumas grandes cidades, nomeadamente São Petersburgo.

Karelia é um dos destaques da rota. As igrejas de madeira na ilha de Kizhi são únicas. Os lagos e as imensas florestas são locais perfeitos passear ao ar livre.

O artesanato é um dos pontos fortes de Vologda, cidade famosa pelas rendas feitas à mão, pelas escultura de madeira e pela produção de esmalte. A cidade é um ótimo destino invernal devido às temperaturas amenas e às ruas decoradas com luzes que compõem uma atmosfera aconchegante.