Vídeo

euronews_icons_loading
África do Sul critica reação "draconiana" à ómicron