Última hora
This content is not available in your region

Devemos deixar as energias fósseis?

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Devemos deixar as energias fósseis?
Tamanho do texto Aa Aa

Questão de Fabien, Espanha:

“- Num mundo com um modelo económico assente no consumo de petróleo acha, como eurodeputado ecologista, que o petróleo possa deixar de ser uma peça fundamental do crescimento económico”?

Resposta de Raül Romeva i Rueda, deputado do Grupo dos verdes e MEP:

“- Esta é uma questão que muitos colocamos, e não temos outra escolha para além de continuar a colocá-la.

Não podemos continuar como até agora, a consumir combustíveis fósseis como o petróleo, temos de encontrar alternativas.

Há muitas opções mas pouca vontade política, o que nos impede de avançar na boa direção.

Insisto que, o ponto de partida para qualquer análise deve ser que não podemos continuar nesta via.

É um caminho que nos leva ao abismo. Portanto devemos procurar soluções. Quais? Poupança energética, porque consumir menos significa, obviamente, racionalizar o consumo reaproximando o consumo do local de produção energética.

Segundo ponto: é preciso apostar em energias sustentáveis, que não sejam poluentes e muitos menos perigosas.

É necessário investir o que for possível nas energias limpas e renováveis.

E em terceiro lugar, algo também fundamental, é mudar de mentalidade.

Estas ideias vão ganhar mais espaço quando tivermos uma maioria que o queira e institucionalmente uma maioria que o represente.

Há dois elementos fundamentais: a sociedade tem de o querer, em primeiro lugar, assumir, interiorizar, porque isso exige uma mudança de propostas e de formas de atuar.

E em segundo, há que criar uma representação que defenda o dossiê nas instituições.

É nas instituições que se decide.

É muito bom propôr mas a batalha das ruas, por assim dizer, não é suficiente. A luta de ideias tem de chegar aos centros de decisão, caso contrário serão indefensáveis.”

Se também deseja colocar uma questão, faça-o através do nosso site: http://euronews.net/programmes/u-talk/