Indústria automóvel: Um setor em crise na Europa

Indústria automóvel: Um setor em crise na Europa
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As vendas de automóveis na Europa sofreram em junho um novo recuo, pondo em evidência as sérias dificuldades que atingem o setor no Velho Continente.

Segundo a Associação de Construtores Automóveis Europeus (ACEA), em junho, na União Europeia as vendas de veículos novos caíram 2,8 por cento. É a menor em oito meses, mas na totalidade do primeiro semestre, o recuo ascende a 6,8%, ou seja, venderam-se menos de 6 milhões e 700 mil veículos.

As maiores quedas registam-se no sul da Europa, onde a crise e a austeridade tornaram o carro num luxo. Em Itália as vendas recuaram mais de 24% e na Grécia caíram mais de 43 por cento.

Já no Reino Unido e na Alemanha, estão em alta de dois a três por cento.

Poucas são as marcas com vendas positivas e, por isso, o recente anúncio de despedimentos no grupo francês PSA Peugeot-Citroên não deverá ser único. O setor, responsável por 12 milhões de empregos na Europa, tem excesso de produção e evoca abertamente a necessidade de uma reestruturação.

A euronews evocou as dificuldades do setor com Ivan Hodac, secretário-geral da ACEA, que diz que “ficaria surpreendido se não houvesse anúncios” semelhantes ao da PSA no futuro, “talvez mesmo num futuro próximo”.

Partilhe esta notíciaComentários