Última hora

Alemanha: Ex-comunista vai chefiar o governo do estado da Turíngia

Alemanha: Ex-comunista vai chefiar o governo do estado da Turíngia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Esquerda do DieLinke, os sociais democratas do SPD e os Verdes da Almanha alcançaram um acordo de coligação para governarem o estado da Turíngia.

O pacto é apresentado oficialmente esta sexta-feira , após o que bastarão algumas formalidades para que Bodo Ramelow, o líder do DieLinke na Turíngia, assuma a chefia do executivo.

Esta será a primeira vez desde a reunificação alemã, em 1990, que um ex-comunista assume a presidência de um land alemão.

O DieLinke é um partido formado por ex-comunistas e dissidentes do Partido Social Democrata, SPD que cria alguns receios na Alemanha.

Os principais pontos do programa de governo da coligação para os próximos cinco anos são a melhoria da educação, o fomento das energias renováveis e o reforço da democracia.

Antes da votação pelo parlamento, prevista para o dia 5 de dezembro, tanto o DieLinke como os Verdes realizam referendos internos, para legitimarem pelo voto dos militantes o pacto de governo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.