Última hora
This content is not available in your region

Tunísia já vota nas primeiras presidenciais livres do país

Tunísia já vota nas primeiras presidenciais livres do país
Tamanho do texto Aa Aa

A Tunísia vota este domingo para eleger o novo presidente do país entre 22 candidatos naquelas que são as primeiras presidenciais livres no país.

O ministério da Defesa mobilizou quase 40 mil membros das forças armadas para zelar pela segurança, face ao receio de atividades terroristas no importante momento da nação do Magrebe.

“Hoje é uma festa. Esperamos ter um bom presidente e que eles nos traga prosperide, isso é essencial”, afirma uma eleitora. “Procuramos quem salve o país, nos salve dos horrores e instaure a paz”, diz um homem.

Na linha da frente par o triunfo está Beyi Caid Essebsi, veterano político do partido Nida Tunis que venceu as legislativas de outubro, apontado como vencedor pelas sondagens.

Mas o presidente cessante Moncef Marzouki, o principal rival, vai tentar levar a eleição a uma segunda volta.

Mas são os cinco milhões de eleitores que têm a palavra.

A Tunísia foi o berço da chamada ‘Primavera Árabe’ e é considerada também o modelo a seguir, já que foi o único dos países árabes com movimentos populares a estar à beira de concluir uma transição para um regime com instituições democraticamente eleitas.