Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

EUA: Ciberataque contra Sony Pictures Entertainment é questão de segurança nacional

EUA: Ciberataque contra Sony Pictures Entertainment é questão de segurança nacional
Tamanho do texto Aa Aa

“Uma grave questão de segurança nacional”. Foi desta forma que a Casa Branca classificou o ataque cibernético sem precedentes contra a Sony Pictures Entertainment, que levou a filial de cinema da Sony a cancelar a estreia do filme “The Interview”, cujo título em português é “Uma Entrevista de Loucos”.

A comédia é centrada num plano fictício da CIA para assassinar o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Washington não aponta, para já, o dedo diretamente a Pyongyang, mas deixa subentender a acusação.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, explicou que “existem provas que indicam uma atividade destrutiva e mal-intencionada iniciada por um ator sério. O FBI e o Departamento de Justiça estão a tratá-las de forma tão séria quanto seria de esperar”.

Uma fonte da Sony indicou que as autoridades norte-americanas poderão oficializar em breve a acusação contra a Coreia do Norte. O regime de Kim Jong-Un negou qualquer responsabilidade na piratagem que classificou, no entanto, como um “ato legítimo”.

Veja o “trailer” promocional do filme controverso