Última hora
This content is not available in your region

Queda do rublo afeta comércio russo

Queda do rublo afeta comércio russo
Tamanho do texto Aa Aa

Fazer compras na Rússia tornou-se, repentinamente, muito mais caro.

O rublo, a moeda nacional, entrou em queda e os preços dispararam., sobretudo, porque grande parte dos produtos de grande consumo são importados.

Os corredores dos centros comerciais esvaziaram-se.

Em plena crise, substitui-se o dinheiro, pela imaginação, como diz um moscovita:

“Este ano, estou a tentar comprar mais presentes, por menos dinheiro. E toda a família vai ficar feliz, porque vou mostrar a minha criatividade. Quando há dinheiro, há menos criatividade, entra-se na loja e compra-se, o que parece ser mais bonito. Quando não há dinheiro, somos obrigados a pensar, a usar a imaginação, a fantasia. Ficamos mais criativos”.

Para comprar um euro são precisos mais de 62 rublos. Isto afeta os preços na Rússia, mas estraga também os planos dos turistas. É o caso de uma italiana:

“Isso irá afetar-nos drasticamente, porque estamos a pensar viajar para a Europa e tudo está a ficar mais caro, por causa do valor do euro, contra o rublo. Vamos fazer todas as compras na Europa e agora estamos a comprar apenas as coisas mais necessárias, para enfrentar o frio”.

Uma realidade que se sente, sobretudo, no centro de Moscovo.

E como falta dinheiro para o consumismo, o Natal recupera a velha magia. Pelo menos, até que a crise passe.