UE reage após novo resgate da marinha italiana

UE reage após novo resgate da marinha italiana
De  Rodrigo Barbosa com AFP / EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A guarda-costeira italiana resgatou um navio com 450 imigrantes clandestinos abandonado pela tripulação em alto mar, o segundo incidente deste tipo

PUBLICIDADE

A guarda-costeira italiana resgatou um navio com 450 imigrantes clandestinos abandonado pela tripulação em alto mar, o segundo incidente deste tipo nos últimos dias.

O cargueiro Ezadeen, aparentemente com bandeira da Serra Leoa e proveniente de um porto turco, estava à deriva a cerca de 70 quilómetros da costa da Calábria, no sul de Itália.

Na quarta-feira, a marinha italiana já tinha reencaminhado para o porto de Gallipolli o navio Blue Sky M, que transportava 800 imigrantes abandonados em pleno mar Adriático.

Durante a última noite, a guarda-costeira desceu de helicóptero seis homens a bordo do Ezadeen, para dirigirem a embarcação para o porto de Corigliano Calabro.

Um porta-voz da União Europeia disse que a luta contra estes “novos meios” de tráfico humano será uma das “prioridades” em 2015.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Buraco abre-se em rua de Nápoles e engole dois carros

Três mortos e dois desaparecidos após acidente em prédio em construção em Florença

Agricultores italianos criticam domínio da Comissão Europeia