A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grabar-Kitarovich: a mulher forte da Croácia

Grabar-Kitarovich: a mulher forte da Croácia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Chama-se Kolinda Grabar-Kitarovich e é a primeira mulher a assumir a chefia de Estado da Croácia.

A conservadora de 46 anos venceu a segunda volta das presidenciais, mas não convenceu.

“Não espero melhorias. Nada vai mudar enquanto a nossa economia não ficar mais forte. Precisamos de empregos e sabemos que os políticos não fazem nada” refere um croata.

A recessão que se arrasta, praticamente, desde 2008, e a taxa de desemprego na ordem dos 20 por cento terão sido, segundo os analistas, decisivos para a vitória da candidata da União Democrática Croata.

Desta vez, os resultados económicos falaram mais alto que a experiência política do social-democrata Ivo Josipovic. O candidato da coligação de esquerda no poder recolheu pouco mais de 49 por cento dos votos e ficou a um ponto de distância da antiga ministra dos Negócios Estrangeiros.

Conhecidos os resultados, foram muitos os que saíram à rua para comemorar o regresso dos conservadores ao poder na antiga república jugoslava. A União Democrática Croata governou o país entre 1990 e 2000 e, em coligação, entre 2003 e 2011.