EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ronaldo é suspenso por dois jogos apenas e pode defrontar o campeão

Ronaldo é suspenso por dois jogos apenas e pode defrontar o campeão
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com EFE, LUSA, RFEF
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Afinal, não foi tão mau como se esperava. Cristiano Ronaldo arriscava dois a quatro jogos de castigo e a ausência no dérbi dia do Atlético de Madrid, a 7 de fevereiro, depois do pontapé que deu no brasileiro Edimar, do Córdoba, durante o último jogo do Real Madrid, no passado fim de semana.

Acuerdos y resoluciones del Comité de Competición y Juez de Competición tras la J20 en 1ª y J22 en 2ª, 2ªB y 3ª http://t.co/AgSKMjGNg2

— RFEF (@rfef) 28 janeiro 2015

O pedido de desculpa logo a seguir ao jogo, mas sobretudo o relatório do árbitro onde foi omitida a expressão “agressão”, terão pesado na decisão do Comité de Competições da Real Federação Espanhola, que sancionou esta quarta-feira o goleador português com o castigo mínimo de dois jogos de castigo.

Pido disculpas a todos y especialmente a Edimar por mi acto irreflexivo en el partido de hoy.

— Cristiano Ronaldo (@Cristiano) 24 janeiro 2015

Ronaldo falha, desta forma, os dois próximos duelos dos “merengues”, Real Sociedad e Sevilha (este, um jogo em atraso), mas fica disponível para defrontar os atuais campeões espanhóis a 7 de fevereiro, dois dias depois de completar 30 anos de idade.

A expulsão do passado sábado foi a nona da carreira de Cristiano Ronaldo, a quinta por vermelho direto, e aconteceu cerca de duas semanas depois de o avançado receber a terceira Bola de Ouro como melhor do mundo, a segunda consecutiva. Na internet, continuam a aparecer paródias em torno do ato irrefletido do melhor jogador do Mundo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Real Madrid é campeão antecipado da LaLiga

Justiça espanhola pede quase cinco anos de prisão para Carlo Ancelotti por fraude fiscal

Barcelona suspeito de corrupção