Boko Haram multiplica ataques fora da Nigéria

Access to the comments Comentários
De  João Peseiro Monteiro  com REUTERS, AFP
Boko Haram multiplica ataques fora da Nigéria

Os extremistas nigerianos do Boko Haram exportam a guerra para os países vizinhos. Esta segunda-feira, uma bomba explodiu num mercado de Diffa, no Níger, fazendo pelo menos um morto e quinze feridos. Este é o terceiro ataque em quatro dias na localidade fronteiriça. Durante a noite de domingo para segunda-feira os radicais islâmicos tinham atacado a prisão.

Também no domingo, as autoridades dos Camarões anunciaram o desaparecimento de um autocarro com 18 pessoas que circulava junto à fronteira. O sequestro ainda não foi reivindicado mas foi atribuído ao Boko Haram. No sábado o Benim, os Camarões, o Chade, o Níger e a Nigéria chegaram a acordo para criar uma força internacional de 8700 homens para combater os insurgentes que pretendem instaurar um califado na região.

Milhares de pessoas procuram refúgio nos países vizinhos. O Programa Alimentar Mundial (PAM) já alertou para a crise humanitária que está em curso na região. Em 2014 o Boko Haram matou 10 mil pessoas.