A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Park Tae-hwan terá de pedir desculpa para continuar a sonhar com o Rio de Janeiro

Park Tae-hwan terá de pedir desculpa para continuar a sonhar com o Rio de Janeiro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Não chega ser campeão de popularidade. Caso queira ser opção nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Park Tae-hwan terá de se retratar publicamente depois de ter sido suspenso pelo uso de doping.

O presidente da Federação sul-coreana de natação, Lee Ki-Heung, não deixou margem para dúvidas e impôs como condição essencial para um eventual regresso à equipa nacional um pedido de desculpas sincero.

Park Tae-hwan é campeão olímpico e bicampeão mundial nos 400 metros livres e apesar da suspensão terminar meses antes do início dos Jogos, os regulamentos do Comité Olímpico Sul-coreano impedem que qualquer atleta condenado pelo uso de doping represente o país durante três anos.

Claro que os regulamentos podem mudar, mas para isso Park terá de se mostrar arrependido…