EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Turquia assinala centenário da Batalha de Gallipoli

Turquia assinala centenário da Batalha de Gallipoli
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Assinala-se, no dia 25 de abril, os cem anos da batalha de Gallipoli, na Turquia. A tentativa dos aliados, durante a Grande Guerra, para controlarem

PUBLICIDADE

Assinala-se, no dia 25 de abril, os cem anos da batalha de Gallipoli, na Turquia.

A tentativa dos aliados, durante a Grande Guerra, para controlarem o estreito de Dardanelos e dominar os Otomanos resultou em mais de 130 mil mortos.

Familiares de antigos combatentes acorrem à pequena península para relembrar e homenagear aqueles que tombaram no campo de batalha ou participaram na luta.

Um neto de um veterano turco recorda que estava com o avô, “há 25 anos, e ele era incapaz de apertar a mão a um veterano australiano. Testemunhei isso. Hoje consigo visitar as campas dos turcos e dos australianos, de braço dado com o neto de um veterano australiano.”

“Partilhamos a mesma história. O medo, a dor e a provação da guerra é partilhada por todos os lados e, certamente, ao virmos aqui conseguimos perceber que o sofrimento provocado pela guerra ultrapassa as nações.
Penso que a maior história que advém da campanha da Gallipoli, em Canakkale, é essa história de reconciliação entre antigos inimigos”, assegura o neto de um veterano australiano que participou na ofensiva.

A 25 de abril de 1915 as forças britânicas, francesas e as ANZAC (as forças armadas australianas e neozelandesas) desembarcaram em Gallipoli. Durante oito meses a península entre o Mar Egeu e o Mar de Mármara, foi palco de uma das mais sangrentas batalhas da I Guerra Mundial. Os aliados retiraram em janeiro de 1916.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações

Responsáveis da discoteca que ardeu em Istambul detidos para interrogatório

Incêndio em discoteca de Istambul faz dezenas de mortos