Coreia do Norte: Kim Jong-un manda executar ministro da Defesa

Coreia do Norte: Kim Jong-un manda executar ministro da Defesa
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Kim Jong-un mandou executar o ministro da Defesa da Coreia do Norte. De acordo com os serviços secretos da Coreia do Sul, Hyon Yong-Chol terá sido

PUBLICIDADE

Kim Jong-un mandou executar o ministro da Defesa da Coreia do Norte.

De acordo com os serviços secretos da Coreia do Sul, Hyon Yong-Chol terá sido executado a 30 de abril com baterias antiaéreas.

O ministro das Forças Armadas, que ocupava o cargo há menos de um ano, foi executado por deslealdade e desrespeito ao líder supremo.

De acordo com o Governo de Seul, Hyon Yong-Chol terá adormecido em eventos militares formais e desrespeitado Kim Jong-un, em diversas ocasiões.

A execução por fogo antiaéreo é um método destinado a altos funcionários do regime. Pyongyang pretende, assim, fazer destes casos exemplos para a hierarquia do país.

A execução do ministro da Defesa é a última de uma purga ao mais alto nível, encetada por Kim Jong-un. De acordo com os serviços secretos sul coreanos, 15 altas patentes da Coreia do Norte foram executadas este ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kim Jong-Un quer plano de "longo prazo" para relações bilaterais com a Rússia

"Novo nível estratégico" nas relações entre a Rússia e a Coreia do Norte

Kim Jong-Un regressa a casa após visita à Rússia