Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Justiça egípcia adia leitura final da sentença do ex-presidente Morsi

Justiça egípcia adia leitura final da sentença do ex-presidente Morsi
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Penal do Cairo adiou a leitura da sentença final do ex-presidente egípcio Mohamed Morsi para o dia 16 de junho. O antigo chefe de Estado está a ser julgado por um caso relacionado com uma fuga da prisão em 2011. O tribunal deverá validar ou comutar a pena de morte a que foi provisoriamente condenado no dia 16 de maio.

A mais alta autoridade religiosa do país tem de se pronunciar sobre qualquer condenação à morte no Egito, embora a sua opinião não seja vinculativa. De acordo com o tribunal, os juízes receberam o parecer do Mufti apenas esta terça-feira e agora precisam de tempo para deliberar.

Morsi pode apelar da sentença. O ex-presidente não considera o tribunal legítimo e denuncia o processo como parte do golpe de Estado que o depôs em 2013. Morsi é igualmente acusado em vários casos que estão a ser julgados atualmente.