Última hora
This content is not available in your region

Primeiro julgamento de abuso de menores no Vaticano com data marcada

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa com EFE / Reuters / AFP
euronews_icons_loading
Primeiro julgamento de abuso de menores no Vaticano com data marcada
Tamanho do texto Aa Aa

Vai começar a 11 de julho, no Vaticano, o primeiro julgamento de um membro da Igreja Católica por abuso sexual de menores.

O antigo arcebispo polaco Jozef Wesolowski tinha sido afastado do cargo em 2013, depois da Santa Sé ser informada que pagava regularmente a rapazes por serviços sexuais quando era núncio na República Dominicana. Depois de ser detido, em setembro, foi encontrada pornografia infantil no seu computador pessoal.

O biógrafo papal Marco Politi diz que “Wesolowski foi destituído e vai agora ser alvo de um processo criminal. O facto do Vaticano ter fixado uma data para o início do julgamento mostra que o Papa Francisco quer levar o assunto até ao fim”.

O Sumo Pontífice, que decretou “tolerância zero” aos abusos de menores no seio da Igreja Católica, aceitou a demissão de dois bispos norte-americanos. O arcebispo de Saint Paul e Minneapolis e o seu adjunto eram acusados de fechar os olhos aos crimes cometidos por um padre, que se encontra atualmente a cumprir uma pena de prisão pelo abuso de dois menores. As demissões eram exigidas por associações de vítimas nos Estados Unidos.