Última hora

Estados Unidos espiaram ministérios alemães e BCE

Estados Unidos espiaram ministérios alemães e BCE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O amigo americano espiou mais do que confessa.
As novas revelações da plataforma Wikileaks levaram o chefe de gabinete de Angela Merkel a convocar o embaixador norte-americano na Alemanha para uma reunião.

Segundo os novos documentos publicados pelo jornal alemão, Suddeutsche Zeitung, a agência norte-americana, NSA, não só espiou o telefone de Angela Merkel como o de vários ministérios alemães.

Estiveram sob escuta desde os anos noventa, nomeadamente, os ministérios da Economia, Finanças e Agricultura.

Os espiões americanos interessaram-se também pelo Banco Central Europeu (BCE), com sede em Frankfurth e particularmente pelas linhas telefónicas da Direção de Desenvolvimento Económico.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.