Última hora

França recusa pedido de asilo de fundador do Wikileaks

França recusa pedido de asilo de fundador do Wikileaks
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A França recusou esta sexta-feira o pedido de asilo efetuado por Julian Assange. A petição do fundador do Wikileaks foi publicada agora na imprensa francesa mas os serviços da presidência já a tinham recebido há vários dias. O comunicado do palácio do Eliseu informa que não pode dar satisfazer o desejo do cidadão australiano porque não corre perigo de vida e tem um mandado de captura europeu.

Julian Assange é procurado pela justiça americana por divulgação de segredos de Estado e por um tribunal sueco por alegados crimes sexuais. Na sequência do pedido de extradição de Estocolmo, Assange refugiou-se na embaixada do Equador em Londres há três anos.

O pedido de asilo do fundador do Wikileaks foi enviado às autoridades francesas depois do site ter revelado que os serviços de informações americanos escutaram os últimos três presidentes gauleses.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.