Última hora
This content is not available in your region

Grécia: Tsipras renova apelo ao "Não"

euronews_icons_loading
Grécia: Tsipras renova apelo ao "Não"
Tamanho do texto Aa Aa

Na reta final da breve campanha para a consulta popular de domingo, durante uma alocução televisiva ao país, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, renovou o apelo ao “Não à chantagem e aos ultimatos”.

“O relatório do FMI justifica a nossa opção de não aceitar um acordo sobre uma matéria tão importante como a dívida. Resumindo, o principal responsável do memorando confirma agora o argumento do Governo grego de que a solução apresentada não conduz a uma saída sustentável da crise “, sublinhou Tsipras.

O primeiro-ministro grego afirmou ainda que deseja “um corte de 30% da dívida” da Grécia e um período de carência de 20 anos para assegurar “a viabilidade” da mesma.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.