EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Volta à França: Greipel bisa em dia traiçoeiro

Volta à França: Greipel bisa em dia traiçoeiro
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Duas tiradas discutidas ao sprint, duas vitórias para André Greipel na Volta a França 2015. A quinta etapa, entre Arras e Amiens, não prometia

PUBLICIDADE

Duas tiradas discutidas ao sprint, duas vitórias para André Greipel na Volta a França 2015. A quinta etapa, entre Arras e Amiens, não prometia grandes dificuldades mas o vento e a chuva transformaram os 189,5 quilómetros num pesadelo para o pelotão.

Multiplicaram-se as quedas, a maior das quais a 25 quilómetros da chegada e que dividiu o pelotão em dois. Rui Costa foi o único português que conseguiu ficar no grupo da frente, tendo a companhia dos principais favoritos à camisola amarela.

Tous des héros / All heroes DylanvanBaarle</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/TDF2015?src=hash">#TDF2015</a> <a href="http://t.co/p3eWsWlIBB">pic.twitter.com/p3eWsWlIBB</a></p>&mdash; Le Tour de France (letour) 8 julho 2015

A vitória na etapa foi discutida entre os especialistas do sprint e apesar do ataque final de Peter Sagan, foi mesmo Greipel quem festejou o segundo triunfo na prova.

Tony Martin chegou com o grupo da frente e continua a liderar a classificação geral com uma vantagem de 12 segundos sobre Chris Froome. Rui Costa manteve a 25ª posição. Tiago Machado caiu para 96º, Nelson Oliveira para 106º e José Mendes para 176º.

Esta quinta-feira o pelotão irá manter-se no norte de França, chegando a Le Havre em mais uma etapa propícia aos sprinters.

Nouveau classement général / New overall ranking. #TDF2015pic.twitter.com/IVdl2CqZKf

— Le Tour de France (@letour) 8 julho 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chama olímpica ilumina a parada militar do Dia da Bastilha em França

Carlos Alcaraz vence Roland Garros e conquista pela terceira vez um torneio do Grand Slam

Político apela à retirada da nacionalidade francesa ao futebolista Karim Benzema por causa da Irmandade Muçulmana