Última hora

Quatro italianos raptados na Líbia

Quatro italianos raptados na Líbia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro italianos foram raptados na Líbia. Os sequestrados são empregados da Bonatti, empresa de construção especializada na indústria petrolífera. O sequestro ocorreu no domingo quando as vítimas regressavam às instalações da italiana ENI em Mellitah depois de gozarem um fim de semana prolongado na Tunísia.

O filho de um dos reféns afirma que não tem notícias e que está à espera de um telefonema.

O sequestro é atribuído a combatentes islâmicos fiéis ao governo rebelde de Tripoli, embora o executivo italiano afirme que nenhum grupo reivindicou o rapto.

A Líbia permanece um caos desde a queda de Kadhafi em 2011. Em fevereiro o governo de Roma encerrou a embaixada na Líbia e recomendou aos italianos para deixarem o país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.