Índia: autoridades executam responsável pelos atentados de 1993 em Mumbai

Índia: autoridades executam responsável pelos atentados de 1993 em Mumbai
De  Euronews com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades indianas executaram esta quinta-feira Yakoub Memon, aquele que consideram como o cérebro por detrás dos atentados à bomba ocorridos em

PUBLICIDADE

As autoridades indianas executaram esta quinta-feira Yakoub Memon, aquele que consideram como o cérebro por detrás dos atentados à bomba ocorridos em Mumbai em 1993.

A execução por enforcamento teve lugar depois do Supremo Tribunal ter rejeitado um pedido de clemência de última hora.

Kirti Ajmera, uma da vítimas do atentado diz-nos o que sentiu: “estou contente por ele ter sido enforcado. Ele é culpado e estava a ser ajudado por outras pessoas. Acho que é justo”.

No entanto, alguns legisladores e antigos juízes afirmam que a pena foi demasiado dura particularmente porque Yakoub Memon teria ajudado os investigadores a resolverem este caso.

A rejeição do pedido de clemência foi ainda descrita como “um erro grave” pelo advogado de Yakoub Memon.

Os atentados à bomba em Mumbai em 1993 causaram pelo menos 257 mortos. Os atentados teriam sido organizados em represália pela destruição de uma antiga mesquita por fanáticos hindu em 1992.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vaticano Beatifica família que escondeu judeus durante II Guerra Mundial

Singapura executa primeira mulher em diuas décadas

Irão executa dissidente irano-sueco