Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

A Bolsa de Atenas em queda livre e a venda dos mapas da Nokia à BMW, Audi e Daimler

A Bolsa de Atenas em queda livre e a venda dos mapas da Nokia à BMW, Audi e Daimler
Tamanho do texto Aa Aa

A Bolsa de Atenas entrou em queda livre quando finalmente reabriu, esta segunda-feira, depois de cinco semanas encerrada.

Os investidores tiveram a primeira oportunidade, desde finais de junho, para reagir aos desenvolvimentos na crise que a Grécia atravessa.

Sem surpresa, os bancos foram os mais penalizados, atingindo o limite de 30% de desvalorização numa sessão.

A Bolsa de Atenas e os bancos helénicos encerraram no dia 29 de junho. Desde esse dia, a Grécia afastou-se do cenário de uma saída do euro e está mais perto de um terceiro resgate.

Nesta edição, abrimos a janela para a nossa redação em Atenas e tentamos entender se o vermelho bem vivo no primeiro dia de negociação na Bolsa foi uma surpresa.

Na rubrica dedicada às novas tecnologias – ‘This is IT’ – olhamos os motivos que levaram BMW, Audi e Daimler a comprar o negócio de geolocalização da Nokia.