EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Nagasáqui: Manifestações contra a alteração do caráter pacifista Constituição

Nagasáqui: Manifestações contra a alteração do caráter pacifista Constituição
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com LUSA/CCTV
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade de Nagasáqui assinalou este domingo o 70.º aniversário do bombardeamento atómico. Muitos cidadãos manifestaram-se também pela defesa do

PUBLICIDADE

A cidade de Nagasáqui assinalou este domingo o 70.º aniversário do bombardeamento atómico. Muitos cidadãos manifestaram-se também pela defesa do caráter pacifista da Constituição.

Shinzo Abe e o seu Governo têm sido alvo de duras críticas devido à reinterpretação do artigo 9.º da Constituição que vai permitir às Forças de Autodefesa (exército) operar no estrangeiro e defender aliados em caso de ataque.

“Se alterarem o artigo 9.º, o Japão poderá ameaçar com guerra e matar gente inocente. Não devemos permitir que isso aconteça”, disse uma manifestante.

“Todos sabem que a opção pacifista do Japão no pós-guerra estava correta. Foi com isso em mente que vim a Nagasáqui para assinalar o bombardeamento atómico”, afirmou um professor universitário.

Na cerimónia realizada no Parque da Paz, os sinos soaram às 11:02 locais, hora em que foi lançada uma bomba atómica com núcleo de plutónio sobre a cidade portuária. Cerca de 74.000 pessoas morreram na explosão, e milhares de outras nos anos seguintes devido aos efeitos da radiação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sismo no Japão faz nove feridos

Tribunal de Sapporo declara que negar casamento entre pessoas do mesmo sexo é inconstitucional

Foguetão Kairos explodiu segundos depois de ser iniciado o lançamento