EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Cisjordânia: O vídeo da discórdia

Cisjordânia: O vídeo da discórdia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um vídeo publicado na internet de um suposto soldado israelita a bater numa criança palestiniana tornou-se viral mas está a levantar questões.

PUBLICIDADE

Um vídeo publicado na internet de um suposto soldado israelita a bater numa criança palestiniana tornou-se viral mas está a levantar questões. A situação parece tirada de um filme, e há mesmo quem se questione se esta é uma nova produção de “Pallywood”, um jogo entre as palavras “palestiniano” e “Hollywood”.

You got a shout out in the DailyMailUK</a>, <a href="https://twitter.com/richard_landes">richard_landes. Judging by comments, #pallywood has had the desired effect. http://t.co/8zeIheTGAC

— Tom (@tom_peters1) 29 agosto 2015

Presume-se que a jovem que aparece no vídeo, a morder o braço do, alegado soldado, seja Ahed Tamimi, filha de dois ativistas palestinianos e que aparece noutros vídeos. Ahed Tamimi recebeu o Prémio Hanzala para a coragem, atribuído pela Turquia, pela sua bravura ao enfrentar soldados israelitas, aquando de tentativas de detenção do seu irmão e da sua mãe. Momentos também filmados por câmara.

O vídeo está a circular como tendo sido filmado durante as manifestações, que acontecem todas as sextas-feiras, em Nabi Saleh, na Cisjordânia, desde 2009, pedindo o fim da ocupação israelita e da política de expansão dos colonatos jucaicos em territórios que os palestinianos consideram seus.

Outras fontes:
http://israelitkan.ning.com/
http://www.amnistia-internacional.pt/index.php?option=com_wrapper&view=wrapper&Itemid=126&sf_pid=a077000000NkECqAAN
http://legalinsurrection.com/2014/07/pallywood-now-pallywooding-alleged-israeli-pallywooding/

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque israelita na Cisjordânia faz 14 mortos. EUA ponderam sanções ao exército israelita

Israel diz ter matado três membros do Hamas num hospital na Cisjordânia

Forças israelitas terminam operações no norte de Gaza