Crise interna afasta Tony Abbott do poder na Austrália

Crise interna afasta Tony Abbott do poder na Austrália
De  Ricardo Figueira com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Partido Liberal, no poder, tirou o tapete ao até agora primeiro-ministro.

PUBLICIDADE

Malcom Turnbull é o novo homem-forte da Austrália.

O Partido Liberal, no governo, tirou o tapete ao até agora primeiro-ministro Tony Abbott, colocando Turnbull, velho rival de Abbott, na liderança do partido e, em consequência, na chefia interina do governo. Com este golpe palaciano, também Julie Bishop, agora número dois dos liberais, pode aspirar a uma posição importante no governo: “Nunca foi tão bom estar vivo e nunca foi tão bom ser australiano. Vamos fazer com que todos os australianos percebam que o governo reconhece as oportunidades do futuro e está a aplicar as medidas e os planos certos para que beneficiem dessas oportunidades”.

Tony Abbott foi eleito primeiro-ministro há dois anos, depois de quatro anos a liderar a oposição. Tinha sucedido a Turnbull na liderança dos liberais. Nas últimas semanas, a oposição interna, no seio do partido, tinha-se intensificado, com uma grande parte dos liberais descontente com as políticas de Abbott.

Some of Tuesday's newspaper front pages in Australia. pic.twitter.com/OKsjRHbByt

— Simon Cullen (@Simon_Cullen) September 14, 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sete pessoas morreram após ataque com faca num centro comercial de Sydney

O mundo celebrou a Páscoa

Rafael Nadal desiste do Open da Austrália devido a nova lesão