Peregrinação a Meca: Fiéis pedem paz na Síria

Peregrinação a Meca: Fiéis pedem paz na Síria
De  Ricardo Figueira com Reuters, AFP, APTN
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A paz no mundo árabe, em particular na Síria, esteve nas orações dos dois milhões de muçulmanos que foram a Meca este ano.

PUBLICIDADE

A peregrinação anual a Meca chegou ao ponto mais alto, a subida ao monte Arafat.

Segundo os escritos, foi aqui, nesta colina a 15 quilómetros da cidade sagrada da Arábia Saudita, que há 1400 anos o Profeta Maomé deu aquele que terá sido o último sermão.

Dois milhões de muçulmanos de todo o mundo juntaram-se à peregrinação deste ano. A paz no mundo árabe foi o pedido mais ouvido: “O mundo atravessa tempos difíceis. É um dia de paz, estamos todos aqui com o mesmo objetivo, orar a Deus. É algo que estamos todos prontos a fazer”, disse Sharif Rortam, peregrino egípcio.

Umm Hani vem da Síria, um país devastado pela guerra que tem estado nas bocas do mundo: “É preciso unir todos os muçulmanos. Alá, peço-Te que sejas misericordioso e que haja paz para todos na Síria”, diz.

A peregrinação do Hajj é, segundo o Alcorão, uma obrigação de todos os muçulmanos que tenham posses e saúde para a fazerem uma vez na vida. Todos os anos atrai milhões de fiéis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Soluções para os principais desafios dos mercados de trabalho globais debatidas em Riade

Arábia Saudita realiza cimeira de emergência sobre conflito em Gaza

Organização Mundial do Turismo quer promover destinos desconhecidos