A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Peregrinação a Meca: Fiéis pedem paz na Síria

Peregrinação a Meca: Fiéis pedem paz na Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A peregrinação anual a Meca chegou ao ponto mais alto, a subida ao monte Arafat.

É preciso unir todos os muçulmanos. Alá, peço-Te que sejas misericordioso e que haja paz para todos na Síria.

Segundo os escritos, foi aqui, nesta colina a 15 quilómetros da cidade sagrada da Arábia Saudita, que há 1400 anos o Profeta Maomé deu aquele que terá sido o último sermão.

Dois milhões de muçulmanos de todo o mundo juntaram-se à peregrinação deste ano. A paz no mundo árabe foi o pedido mais ouvido: “O mundo atravessa tempos difíceis. É um dia de paz, estamos todos aqui com o mesmo objetivo, orar a Deus. É algo que estamos todos prontos a fazer”, disse Sharif Rortam, peregrino egípcio.

Umm Hani vem da Síria, um país devastado pela guerra que tem estado nas bocas do mundo: “É preciso unir todos os muçulmanos. Alá, peço-Te que sejas misericordioso e que haja paz para todos na Síria”, diz.

A peregrinação do Hajj é, segundo o Alcorão, uma obrigação de todos os muçulmanos que tenham posses e saúde para a fazerem uma vez na vida. Todos os anos atrai milhões de fiéis.