EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Bielorrússia: Lukashenko tem reeleição garantida

Bielorrússia: Lukashenko tem reeleição garantida
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente está no poder há 21 anos e prepara-se para um quinto mandato.

PUBLICIDADE

A Bielorrússia vai a votos numas eleições em que o resultado já é conhecido à partida, com a reeleição mais que provável do presidente Alexander Lukashenko, no poder há 21 anos.

Os dirigentes da oposição foram impedidos de participar no escrutínio. Dos três adversários de Lukashenko que se apresentam às eleições, apenas Tatiana Korotkevich tem algum apoio e recolhe cerca de 17% das simpatias, segundo uma sondagem independente.

Segundo o analista político Alexander Klaskovich, a população continua a dar confiança a Lukashenko muito por medo das consequências de uma mudança. O exemplo da Ucrânia, onde estalou a guerra civil, está a assustar os bielorrussos: “Por um lado, as pessoas não estão contentes com a queda no nível de vida. Pela primeira vez, Lukashenko não conseguiu garantir uma subida nos rendimentos. Mas o fator ucraniano compensou isso. Os acontecimentos na Ucrânia assustaram as pessoas.

Apesar da manifesta falta de liberdade da oposição, Lukashenko libertou os últimos presos políticos, incluindo o líder da oposição Mikola Stakevich. A União Europeia podera levantar as sanções à Bielorrússia. As eleições estão a ser observadas pela OSCE.

Tortured By Putin’s Buddy, but Unbroken and Unbowed in Belarus http://t.co/O6aCajx9W6pic.twitter.com/qkMSZxeIHb

— The Daily Beast (@thedailybeast) October 11, 2015

Nobel Prize-winning author, Svetlana Alexievich, sees politics through lens of mistrust http://t.co/sIuMtd5S9Cpic.twitter.com/ish6RT52pY

— New York Times World (@nytimesworld) October 11, 2015

#Belarus opposition held a protest rally in #Minsk on the eve of #electionshttp://t.co/JCIq94QFnn#electBYpic.twitter.com/zoI4QXqKmg

— Belarus Digest (@BelarusDigest) October 10, 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu cidadão lituano detido na Bielorrússia

Prisioneiro político bielorrusso morre por alegada falta de cuidados médicos

Lukashenko afirma que Putin não lhe disse nada sobre a guerra com a Ucrânia