A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Atenas anuncia condições para processo de recapitalização da banca

Atenas anuncia condições para processo de recapitalização da banca
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo grego anunciou esta segunda-feira as condições para concretizar o processo de recapitalização dos quatro principais bancos, depois de o Banco Central Europeu (BCE) ter divulgado no sábado os resultados dos testes de stress.

O antigo ministro das Finanças, Gikas Hardouvelis, considera os resultados dos testes melhores do que os esperados: “Vejo os europeus mais flexíveis. Já não insistem para os bancos irem à procura de grandes somas de dinheiro nos mercados. Perceberam que matar os bancos seria matar a economia”.

Para o BCE, os bancos gregos precisam entre 4,4 mil milhões e 14,4 mil milhões de euros. O pior cenário tem em conta uma contração da economia de 6 por cento nos próximos dois anos.

O eventual agravamento do crédito malparado não assusta apenas os bancos. Os devedores querem reembolsar os empréstimos mas muitas vezes não conseguem. É o caso de Lefteris Meimaroglou que em 2012 teve de fechar a fábrica que a família tinha há quatro décadas e que continua a pagar o crédito obtido nos anos 90:

“Até ao mês passado ainda conseguíamos pagar um terço da prestação. Agora deixamos de o fazer e o nosso crédito foi considerado em incumprimento. Usámos a nossa casa como garantia e agora temos medo de ir parar ao meio da rua.”

Os quatro bancos analisados têm até ao dia 6 para apresentar os planos de ação, com o objetivo de atrair investidores privados que cubram as necessidades de capital, no melhor cenário.