This content is not available in your region

Ermita espanhol encontrado ao fim de 20 anos desaparece de novo

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira  com El País, RAI
euronews_icons_loading
Ermita espanhol encontrado ao fim de 20 anos desaparece de novo

Um homem que se pensava estar morto há vários anos foi encontrado a viver isolado na Toscana, em Itália.

Carlos Sánchez Ortiz de Salazar, um antigo psiquiatra espanhol agora com 46 anos, decidiu deixar a civilização em 1995 e viver como ermita. Desde 2010 que estava dado como morto. Foi agora descoberto por duas pessoas que estavam a apanhar cogumelos. Quando a família chegou para o encontrar, Carlos tinha desaparecido de novo…