Última hora

Kosovo: Acordo com a Sérvia inflama confrontos em Pristina

Kosovo: Acordo com a Sérvia inflama confrontos em Pristina
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A oposição do Kosovo promete prosseguir os protestos contra o acordo que prevê a normalização das relações com a Sérvia, depois de uma jornada de confrontos violentos em Pristina.

A polícia deteve pelo menos 22 pessoas, recorrendo a gás lacrimogéneo, durante um protesto contra a detenção de uma deputada da oposição, quando outros três membros do partido Autodeterminação (Vetëvendosje) são procurados pela polícia.

Pelo menos sete polícias ficaram feridos por pedras e cocktails Molotov lançados por alguns manifestantes.

Os protestos ocorrem um dia depois de deputados da oposição terem lançado gás lacrimogéneo no parlamento do antigo território sérvio, rejeitando o reatar das relações com Belgrado, à luz de um acordo promovido pela União Europeia.

O governo kosovar condenou esta quarta-feira a violência e proporção dos protestos, quando quatro deputados da oposição são alvo de um inquérito policial após os incidentes no parlamento.

A oposição promete prosseguir a vaga de revolta esta quinta-feira, e enquanto o acordo com a Sérvia não for revogado

Belgrado continua a não reconhecer a independência do território de maioria albanesa, proclamada de forma unilateral em 2008.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.