EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Violência sem fim em Jerusalém e na Cisjordânia

Violência sem fim em Jerusalém e na Cisjordânia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Jerusalém duas jovens usaram tesouras para esfaquear um homem de 70 anos que, segundo a agência de notícias Reuters, se tratava de um palestiniano

PUBLICIDADE

Em Jerusalém duas jovens usaram tesouras para esfaquear um homem de 70 anos que, segundo a agência de notícias Reuters, se tratava de um palestiniano e não de um israelita.

Ambas foram baleadas por um polícia, uma delas mortalmente. A ação do agente, que disparou várias vezes contra a jovem, foi questionada num site de notícias israelita.

Numa estação de serviço, na Cisjordânia, um palestiniano esfaqueou dois israelitas. Um deles morreu. O agressor foi atingido com uma bala pela polícia e acabou morto.

Desde 1 de outubro morreram quase 90 palestinianos, em situações diferentes: ataques, tiroteios, confrontos. Vinte israelitas e um estudante americano foram mortos por agressores palestinianos.

As autoridades israelitas aumentaram as medidas de segurança à entrada na cidade de Hebron, um reduto do Hamas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão

Guerra Israel-Hamas: ataques intensificam-se no centro e sul de Gaza

Primeiro-ministro israelita exige rendição do Hamas