Última hora
This content is not available in your region

Rússia vai fornecer eletricidade à Crimeia

euronews_icons_loading
Rússia vai fornecer eletricidade à Crimeia
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin compareceu à inauguração da primeira parte da linha elétrica que garante fornecimento direto de energia da Rússia continental à península da Crimeia.

O projeto reduz de forma significativa o déficit de eletricidade no território anexado em março de 2014 pelos russos. A segunda parte da construção será terminada em maio de 2016 e deve eliminar completamente a dependência de energia fornecida até agora pela Ucrânia. As autoridades russas enviaram 300 geradores para resolver parte do problema. A Crimeia foi literalmente deixada às escuras na última semana, depois de os nacionalistas ucranianos terem feito explodir postes que suportavam as linhas provenientes da Ucrânia.

Cerca de um milhão e seiscentas mil pessoas do total de dois milhões de habitantes foram deixadas sem eletricidade.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.