EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Turquia retira tropas do Iraque

Turquia retira tropas do Iraque
Direitos de autor 
De  Nara Madeira com AFP/Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Segundo uma fonte militar turca, citada pela agência Reuters e a Anadolu, um destacamento de tropas da Turquia, que estava estacionado no Norte do

PUBLICIDADE

Segundo uma fonte militar turca, citada pela agência Reuters e a Anadolu, um destacamento de tropas da Turquia, que estava estacionado no Norte do Iraque, próximo de Mossul, começou a abandonar o local e a dirigir-se para a fronteira com a Turquia. Uma movimentação que acontece depois de Bagdade ter acusado Ancara de ocupação não autorizada do seu território e de ter feito queixa às Nações Unidas.

Some Turkish troops leave northern Iraq's Bashiqa camp https://t.co/wLPd3Woi5npic.twitter.com/0hTup382Ly

— ANADOLU AGENCY (ENG) (@anadoluagency) 14 dezembro 2015

Há vários meses que tropas turcas participam em exercícios de formação militar de peshmergas e voluntários iraquianos para lutarem contra o grupo estado islâmico, um acordo feito com o governo regional do Curdistão iraquiano.

#Turkey withdraws some troops stationed at camp in #Iraq: report https://t.co/JObYiCEk3spic.twitter.com/jZJBGVy97G

— Trending Iraq News (@Iraqolizer) 14 dezembro 2015

Ancara enviou reforços para o terreno, para assegurar a proteção dos seus formadores, segundo as autoridades turcas, as iraquianas não gostaram de ficar à margem desta questão.

Em Bagdade, centenas de iraquianos manifestaram-se contra a Turquia.

#Turkey moves some military personnel from Bashiqa amid deployment spat with Baghdad, but keeps troops inside #Iraq: https://t.co/RPltCEx5lO

— Emre Peker (@wsjemre) 14 dezembro 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações

Turquia corta relações comerciais com Israel até que haja um cessar-fogo em Gaza

Israel confirma morte de refém luso-israelita