EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Polónia: Governo controla serviços de rádio e televisão

Polónia: Governo controla serviços de rádio e televisão
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os serviços públicos de rádio e televisão da Polónia vão passar a ser controlados pelo governo conservador apesar das críticas dos organismos

PUBLICIDADE

Os serviços públicos de rádio e televisão da Polónia vão passar a ser controlados pelo governo conservador apesar das críticas dos organismos europeus de defesa de liberdade de imprensa.

O presidente da Polónia, Andrzej Duda, promulgou hoje a controversa lei sobre os media estatais aprovada pelo Governo, muito criticada pela oposição e que suscitou uma reação negativa da União Europeia que apesar da situação mantém uma crítica moderada.

“Estou muito confiante de que a partir de agora o governo polaco va refletir e daremos a nossa reação a isso. Não vamos mais dramatizar. É uma questão importante, mas temos de ter relações amigáveis e boas com a Polónia por isso a nossa abordagem é muito construtiva: Nós não estamos a criticar a Polónia “.

As duas câmaras do parlamento polaco, dominadas pelos conservadores do Partido Lei e Justiça (PiS) de Jaroslaw Kaczynski, aprovaram a lei no final de dezembro o que provocou a fúria de uma parte dos polacos que sairam à rua em várias cidades do país para contestarem a legislação, mas sem sucesso.

A partir de agora, a competência em nomear e demitir os novos diretores dos media públicos, até então designados em concursos públicos organizados pelo Conselho nacional do audiovisual (KRRiT), será da responsabilidade do ministro das Finanças.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Primeiro-ministro polaco promete reforçar a segurança na fronteira com a Bielorrússia

Polónia quer estar pronta caso haja um ataque da Rússia e pede à UE para dar mais armas à Ucrânia

Líderes polaco e lituano supervisionam exercícios militares ao longo da fronteira