Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Os cinco candidatos a homem mais poderoso do futebol

Os cinco candidatos a homem mais poderoso do futebol
Tamanho do texto Aa Aa

Falta precisamente um mês para a eleição do novo presidente da FIFA e o organismo que tutela o futebol mundial confirmou esta terça-feira o nome dos cinco candidatos ao cargo.

Gianni Infantino é um dos principais favoritos, ou não tivesse o apoio da UEFA. O suíço é atualmente o homem forte do futebol europeu, mas convém não esquecer que só é candidato devido à suspensão de que foi alvo Michel Platini por suspeitas de corrupção.

Ali bin al-Hussein parte assim do lugar da frente. O jordano deu bastante luta a Joseph Blatter nas últimas eleições e continua decidido a reformar o futebol mundial. No entanto desta vez não conta com o apoio da Confederação Asiática de Futebol e o motivo é simples: Salman Bin Ibrahim Al-Khalifa, o atual presidente da organização, também é candidato.

A lista fica completa com o francês Jérôme Champagne, que trabalhou durante onze anos na FIFA e foi obrigado a desistir nas últimas eleições por não reunir os apoios necessários, e Tokyo Sexwale, homem de negócios sul-africano praticamente sem ligações ao desporto rei.

Contrariamente ao que chegou a estar previsto, não será realizado nenhum debate entre os cinco candidatos.