A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

PSA paga 430 milhões de euros para regressar ao Irão

PSA paga 430 milhões de euros para regressar ao Irão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A PSA Peugeot Citroën vai pagar quase 430 milhões de euros à Iran Khodro para regressar ao Irão.

O construtor automóvel francês vai compensar os prejuízos sofridos pela Khodro depois da PSA ter posto um fim às vendas no Irão, em 2012, devido às sanções internacionais.

Com a saída do Irão, após 50 anos de presença, o grupo francês viu as vendas caírem 10%.

Uma parte do pagamento será feita através de serviços e descontos em peças. O grupo francês vai perdoar 11 milhões da dívida da Iran Khodro e vai pagar 65 milhões em direitos devidos para o período 2012-2016.

Cerca de 300 milhões de euros servirão a lançar a nova parceria que as duas empresas assinaram durante a visita de Hassan Rohani a França.

A PSA espera produzir 200 mil veículos por ano no Irão.