Última hora
This content is not available in your region

Americanos são livres para decidir participação olímpica, Quénia ameaça boicote

euronews_icons_loading
Americanos são livres para decidir participação olímpica, Quénia ameaça boicote
Tamanho do texto Aa Aa

No próximo verão o Rio de Janeiro acolhe mais uma edição dos Jogos Olímpicos mas até lá ainda há muito problema por resolver. O mais preocupante prende-se com a epidemia do vírus Zika. Os Estados Unidos, por exemplo, garantem não haver motivo para alarme mas colocam a decisão de participar nas mãos dos seus atletas.

Bem diferente foi a posição do Comité Olímpico do Quénia, que deixou bem claro que caso a epidemia se agrave, poderá renunciar aos Jogos Olímpicos. Ainda assim, garante ter total confiança nas autoridades sanitárias do Brasil e que irá aguardar até ao último minuto para tomar uma decisão.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.