Última hora
This content is not available in your region

IX Festival Internacional de Artes de Inverno em Sochi

IX Festival Internacional de Artes de Inverno em Sochi
Tamanho do texto Aa Aa

A estância turística russa de Sochi, no mar negro, anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, acolhe agora a IX edição do Festival Internacional de Artes de Inverno.

No programa desta edição, está presente toda uma constelação de estrelas das artes do espetáculo, da música e da dança. Haverá também espaço para uma estreia a nível mundial. A da peça “Don’t leave your Planet” (Não abandones o teu Planeta), que é, na realidade, um novo espetáculo musical e teatral baseado num dos mais famosos livros do Mundo: O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry.

Viktor Cramer, diretor artístico, diz que “todas as pessoas dizem conhecer o livro (O Príncipezinho). Adultos e crianças”, mas que o grupo de trabalho conseguiu encontrar, no texto “novas dimensões dramáticas e mesmo trágicas.”

“Por isso”, diz Cramer, começaram todo um trabalho “desde a estaca zero.

No palco, uma caixa de areia representa o deserto, os projetores representam as estrelas e a foto de uma mulher substitui a rosa, pela qual o Principezinho se apaixona. Decorações incríveis e efeitos visuais e sonoros inesperados que contribuem para que nos esqueçamos de que apenas um ator se encontra em palco.

Konstantin Khabenskiy, um famoso ator russo – conhecido pelo trabalho em filmes de terror como “Night Watch” e tendo contracenado com Angelina Jolie em “Wanted”, é o narrador no espetáculo. Um piloto cujo avião se despenhou no deserto do Saara. No entanto, com alguma atenção, é possível reconhecer a existência de outras personagens, como o Rei, um bêbedo ou um homem de negócios que conta estrelas sem cessar, todos em cena graças a um mesmo ator.

Khabenskiy disse à Euronews que “todos os projetos e todos os papéis considerados interessantes apresentam dificuldades. Mas fazem com que (ele) possa “alcançar novas metas” e chegar a “novos horizontes”.

No entanto, Khabenskiy não se encontra sozinho em palco. Duas dezenas de músicos criam um ambiente muito especial durante todo o espetáculo. Músicos acompanhados pelo excecional maestro russo e violinista Yuri Bashmet.

O maestro explicou à Euronews que a música foi criada por Kuzma Brodov, um compositor russo, com recurso a obras-primas de Mahler e Brahms. “Por isso as melodias são tão familiares para o público, ainda que sejam mais do que uma cópia de composições mundialmente famosas.”

Se a música é uma inovação no espetáculo, o texto é quase 100% Saint-Exupéry. No entanto, houve lugar para alguma improvisação e mesmo para a interação com o público. Os autores do projeto dizem que assim, “as pessoas podem explicar melhor aos atores a mensagem de Saint Exupery.
Algo que parece funcionar.”

Segundo a enviada da Euronews a Sochi, Maria Korenyuk, “depois do primeiro espetáculo em Sochi, a equipa parte em digressão. A próxima sessão tem lugar em Moscovo, no final de março. Mais tarde, seguirá para outras cidades russas e para o estrangeiro.”