Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Tiroteio no sudeste da Turquia

Tiroteio no sudeste da Turquia
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos dois soldados e um polícia foram mortos, esta sexta-feira, num tiroteio no sudeste da Turquia.

Ancara aponta mais uma vez o dedo ao PKK, Partido dos Trabalhadores do Curdistão. O ataque ocorreu num bairro de Diyarbakir, cidade de maioria curda, palco de violentos confrontos.

O governo turco anunciou, entretanto, ter detido 17 pessoas suspeitas de estarem envolvidas atentado desta quarta-feira em Ancara onde morreram 29 pessoas. Um ataque que o Presidente e o chefe de Governo turcos atribuem ao PKK e às milícias curdas na Síria que negam as acusações.

Certo, é que a Turquia bombardeou de imediato as forças do PKK no norte do Iraque e alargou os ataques aéreos em zonas controladas pelos curdos no norte da Síria. As milícias curdas que combatem os radicais do autodenominado Estado Islâmico contam com o apoio dos Estados Unidos para desespero de Ancara. Esta sexta-feira, o ministro os Negócios Estrangeiros turco desafiou Washington a por fim a esta ligação “imediatamente.”