Última hora

Última hora

Atentados na Síria matam mais de 100 pessoas

Em leitura:

Atentados na Síria matam mais de 100 pessoas

Atentados na Síria matam mais de 100 pessoas
Tamanho do texto Aa Aa

Vários atentados na Síria, este domingo, nas cidades de Homs e de Damasco, resultaram em mais de cem mortos e centenas de feridos.

Em Damasco, a capital, pelo menos 4 explosões mataram 62 pessoas e feriram 180, diz o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).
O ataque visou a zona sul de Damasco, do bairro Sayyda Zeinab, onde está localizado um templo xiita.

O auto-proclamado Estado Islâmico reivindicou a autoria destes ataques, bem como os cometidos em Homs.

Quer Damasco quer Homs têm estado sob a mira de ataques do Daesh no passado.

Em Homs, pelo menos 57 pessoas, a maioria delas civis, morreram num duplo rebentamento de carros armadilhados. A explosão do primeiro terá accionado a do segundo.

Os ataques deram-se numa zona predominantemente alauíta, a minoria a que pertence o presidente sírio Bashar al-Assad.

Observadores dizem que mais de 100 pessoas ficaram feridas e que o número de mortos pode aumentar.

Em cinco anos a guerra consumiu mais de 260.000 vidas humanas, segundo o OSDH.