EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Autrália: Vítimas de abuso sexual pedem para falar com Papa Francisco

Autrália: Vítimas de abuso sexual pedem para falar com Papa Francisco
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Australianos vítimas de abuso sexual por parte do clero da Igreja Católica Romana, estão no Vaticano e pediram para serem recebidos pelo Papa

PUBLICIDADE

Australianos vítimas de abuso sexual por parte do clero da Igreja Católica Romana, estão no Vaticano e pediram para serem recebidos pelo Papa Francisco.

Os sobreviventes disseram que estavam fartos de ouvir o cardeal George Pell, tesoureiro do Vaticano, testemunhar e queriam falar diretamente com o Papa Francisco.

‘‘Queremos ser ouvidos, queremos alguém que nos mostre que se preocupa com a gente e que no futuro pode ajudar a mudar as coisas para as crianças”, diz um dos sobreviventes.

“Talvez todas as instituições precisam de sistemas externos para garantir que estão realmente a cumprir sua parte do acordo na proteção das crianças. É óbvio que o atual sistema permite que muitas pessoas digam ‘Eu não achava que proteger crianças era o meu trabalho.”

A partir de Roma, o Cardeal George Peel, pelo terceiro dia, prestou depoimento perante a Comissão Real australiana de abuso de crianças, através de vídeo-conferência.

Pell, a mais alta figura do Vaticano a depor sobre o sistemático abuso sexual de crianças por parte do clero, reconheceu que nunca notificou os seus superiores na década de 1970 sobre os rumores de abuso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tesoureiro do Vaticano reconhece "erros enormes" na gestão de casos de pedofilia

Igreja francesa acusada de encobrir padre pedófilo durante décadas

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP