Rússia prepara-se para possível ofensiva NATO

Rússia prepara-se para possível ofensiva NATO
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No discurso antes das férias do parlamento russo, Vladimir Putin afirmou aos deputados, que a Rússia tem de estar pronta para responder a ações agressivas da…

PUBLICIDADE

No discurso antes das férias do parlamento russo, Vladimir Putin afirmou aos deputados, que a Rússia tem de estar pronta para responder a ações agressivas da NATO.

O chefe de Estado russo quer reforçar a defesa do seu país face ao reforço da presença de tropas da Aliança Atlântica no leste da Europa:

“A NATO está a fortalecer a sua retórica e ações agressivas perto das nossas fronteiras. Nessas condições, devemos prestar uma particular atenção à questão de encontrarmos soluções para respondermos, prontamente, a uma ameaça ao nosso país”, afirmou Putin.

Um discurso proferido quando se assinala o 75º aniversário da invasão da ex-União Soviética pelos nazis.

Para a NATO nada está perdido e o importante é continuar o diálogo:

“O importante é que precisamos do Conselho NATO/Rússia para ter uma possibilidade de diálogo político aberto com a Rússia, principalmente quando a tensão é elevada. É importante que falemos, que nos encontremos e que façamos tudo o que podemos para evitar mal-entendidos, erros de cálculo e tentar reduzir as tensões”, adiantou o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Esta terça-feira, um comandante das forças norte-americanas afirmava que se a Rússia quiser atacar um dos países da região a NATO não será capaz de responder rapidamente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mãe de Navalny já viu o corpo do filho e diz estar a ser pressionada para aceitar funeral "secreto"

Rússia proíbe atividade da Rádio Europa Livre/Rádio Liberdade

Avdiivka, cidade fantasma na região de Donetsk